domingo, 6 de maio de 2012

na carne junto com o feijão

pedaço de carne mal passada ainda saindo um bom sangue ela gostava de comer sem pressa cada vez mais esgotada cansava de comer carne crua esquecia qual rua era a dela vagava feito uma aventureira sem vontade de viver um então gostamos todos de mussarela com geleia, alcaparra ou filé minhão mas sangue era um gosto só dela na carne junto com o feijão a culpa é de quem, ó, destino? a culpa é de alguém, ó, destino? existe culpa, ó, destino? coma com açúcar, ó, destino...

5 comentários:

Taís Ronchi. disse...

Interessante.
(não conheco poesia então, não sei muito bem o que comentar)

Tauã Soares disse...

muito bom interessante...

Café de Fita disse...

Gosto de fluxos de consciência

***
Patrícia Roberta - Colaboradora do Café de Fita

Bagis Bueno disse...

carne mal passada, só se for picanha!

bjkssssssssss


http://ibagis.grandemidia.net/

Arash Gitzcam disse...

falou tudo, bagis bueno, a picanha quando está ao ponto ainda está um pouco vermelhinha...