segunda-feira, 6 de agosto de 2012

e cereja

cravejando balas
o tolo se esconde

enquanto outro
cerveja
e
cereja
à mando

louco vislumbrar
grato despertar
e essa coisa toda...
já tem a ela mesma

-
escrito ao som do álbum The Slip do Nine Inch Nails

4 comentários:

M!sunderstood disse...

Oba, cerveja de cereja *-*

Gustavo Mello disse...

Sempre quis ser capaz de escrever poesias. Nunca consegui escrever um bom verso. Parabéns pelas suas.

palavras ao vento disse...

interessante a poesia...
bem diferente juntando as palavras...

Rejan disse...

Bela poesia, não tem nada melhor do que escrever escutando música rs!
Parabéns!

http://hell-boyy.blogspot.com.br/