domingo, 12 de agosto de 2012

e o passeio então se desenha

um passo após o outro
e o passeio então se desenha
entre etéreas e lindas paisagens

madeira
água
recanto

e então ocorre uma foiçada
quem será que a morte levou do belo jardim?
que seja justo
que seja puro
que seja mais

a máquina roubou o colo que era do gato
mas ele ficará bem
a vida é formada dos mais variados momentos
ele terá o dele, certamente...

_
escrito ao som do álbum Levitate do Paper Diamond

3 comentários:

KGeo disse...

muito legal esse poema

ovictorpereira disse...

muito bonito e bem construído, rapaz

parabéns

Layla Silva disse...

Finalmente estou conseguindo comentar! Há dias acessava teu blog, mas nunca conseguir expressar minha opinião a respeito de teus poemas... rs'
Enfim, seus poemas são incríveis, parabéns '-'