sexta-feira, 15 de junho de 2012

cantar

chuvas arcanjassauras
conteúdo cor de rosa
rosa frívola, rosa que mata
com seus espinhos, enquanto a cata

ela é gostosa
o chão é rosa
como ela aqui
e eu como ela acolá
cheias de flores as árvores ao ar

venha chamar minha cama de puta
venha deixar a vara cantar

2 comentários:

Anônimo disse...

Nossa! O final é bem..... kkkkkk'
Não sei se é duplo sentido, ou é isso mesmo que eu pensei! kkkk'
Gostei do seu blog (:
http://blogdajessicakarla.blogspot.com.br/

Jéssica Karla disse...

Nossa! O final é bem..... kkkkkk'
Não sei se é duplo sentido, ou é isso mesmo que eu pensei! kkkk'
Gostei do seu blog (:
http://blogdajessicakarla.blogspot.com.br/

Tive um susto com essa aranha! kkkk'