terça-feira, 12 de junho de 2012

temperados com sal

_ Joga sal! - pedia a desafinada.
_ Não. A ferida está muito aberta. - rebatia seu namorado.
_ Por mim você jogava sal logo.
_ Vamos esperar até o próximo estágio.

---------------

Acabou o sal na terra das cachoeiras e o mar era longe pra pegar água e deixar pra secar no sol até ter o sal.

---------------------

Dois dias depois...

_ Tá doendo demais meu joelho, era pra você ter tacado sal aquele dia.
_ Não taquei porque não quis, eu tinha sal.
_ E por que não tacou?
_ Eu achei que não era a hora.
_ Taca agora então, taca logo.

João Abelardo foi até a cozinha então e pegou um pouco do não tão abundante sal na terra das cachoeiras que havia estocado, trouxe e tacou no joelho da namorada.

_ Janaína, agora vai dar certo.
_ Ai, ai! Tá bom já.
_ Certo.

----------

Vamos temperar as comidas com um pouco de sal.

-
escrito ao som da Rádio Antena 1

8 comentários:

Arash Gitzcam disse...

teste

Rodrigo Ferreira disse...

Muito bom!
minha primeira impressão era que era uma ferida no corpo da garota e no final gostei era sal na comida kkk
demais kkk

http://rodrigobandasoficial.blogspot.com.br/

Arash Gitzcam disse...

né n, rodrigo, a ferida é nela e ela é a comida...

Michele Meine disse...

O sal era pra colocarna comida, no joelho, ou nos dois? hauhauhauhauha =X

http://teoriasfemininas.blogspot.com.br/

Monie disse...

Ambiguidade, né... rs
Eu li e tentei comentar antes, mas o formulário de comentários estava travando.

Enfim, achei criativo.

Seu Nascimento disse...

Agora sim, os comments funcionando!

Queria saber, ele comeu ou não a namorada? =D

Abraços!

mariana prudêncio andreto disse...

Gostei,achei cômico e profundo ao mesmo tempo *-*

Caroline Luft disse...

Eu sou muito burra, demorei pra entender! KPOASKPOASKASPO