quarta-feira, 20 de outubro de 2010


mergulhando bem fundo na lagoa
à gosto do áudio insano
relaxamento intra-bronquiano
um álbum
um milagre
uma vida o ouve
uma vida não houve
não mais

2 comentários:

Nicelle Almeida disse...

Hum, adorei o jogo de palavras do seu poema. Parabéns por brincar com as palavras e seus sentidos.
Um forte abraço e me visita.
Estou te seguindo, tb me segue, ficarei tmo feliz ;)
www.nicellealmeida.blogspot.com

Karla Hack disse...

Gostei da inspiração... as palavras fluem sem pesar...
Este álbum foi a inspiração, neh?!
Eu, enquanto lia, não consegui evitar de penar no Portishead.

;D