sábado, 9 de outubro de 2010

Relatos da Professora Piedade

I

_ Um breve ensinamento ao Seu Gorila: ele não deve comer banana amassada, nem esquecer que os anjos o detestam.

Seu Gorila estava na sala, distante, mascando um chiclete de açúcar mascavo, esperando que algum dia aquele tipo de aula pudesse ajudar a eles e a seus colegas de classe. Todos compartilhavam uma mesma sala, mas os ensinamentos eram sempre individuais, dirigidos a cada indivíduo separada e exclusivamente.

_ Está tudo bem com o senhor, Seu Gorila? Ou quer que eu repita?

II

Seu Gorila ficava na sua, não gostava de se comunicar muito não, ainda mais com o pessoal daquela sala. Foi quando Seu Coelho arrematou: _ Seu Gorila já aprendeu. Mande o meu ensinamento aí agora, poxa...

III

Mas naquela sala não adiantava pedir um ensinamento. Aliás, dizia a lenda que quanto mais você pedir mais vai demorar. Seu Coelho muito seco por seu ensinamento acabou o pedindo, mas isso só atrapalharia o seu processo de aprendizado, pois ele não viria logo, pelo menos logo depois do Seu Gorila estava certo que não iria.

_ Seu Lagarto, você deve comer pedras e pererecas.

O ensinamento era assim, na lata. E não se podia fazer perguntas ou rebater em debate, era o ensinamento, pá, e acabou.

IV

_ Sua Coruja, os gatos te admiram. Faça jus à sua existência por esse delicado e importante paradigma.

V

Seu Coelho comia uma maçã por estes momentos.

VI

_ Seu Jaboti, tem uma auto-escola a trinta quilômetros daqui. Vá andando e logo aprenda a dirigir.

Seu Coelho ficou sem jeito, será que o dele ia demorar muito? Depois de passar em ensinamento quase a turma toda, chegou a sua vez: _ Seu Coelho, roer as unhas não faz bem pra sua hepatite. Correr descalço o fará sentir a brisa melhor e melhor a cada dia, mesmo quando você não estiver correndo você a sentirá como se estivesse numa grande corrida, ou caminhada.

VII

Depois de ensinar a todos, a professora então proferiu: E agora queridos alunos, vão todos para casa serem felizes! Na próxima aula aprenderemos mais! Ciao, até logo!!

6 comentários:

Rafael Queiroz disse...

ha, muito bom.

muito bem trabalhado, gostei.

Análise F.C disse...

Muito bom o texto.

Deixo a dica de melhorar o layout!

http://analisefc.blogspot.com/

Coldheart disse...

gostei muito do seu blog =D
depois dá uma passadinha aqui
http://thingsgeek.blogspot.com/

Ultraviolet disse...

Poético... inteligente. Gostei do jogo de palavras. Adoro essa "poesia de sentido", aparentemente sem nexo, mas tocante na essência. A interrogação do poeta é a alma da escrita. Bom!

Vanessa disse...

Muito bom, realmente. O coelho foi o último por querer ir mais depressa, um tanto filosófico!
www.vanessafunnygirl.blogspot.com

Tailan Bertazzo disse...

Muiito bom o texto,mas o layout irrita os olhos,naum sei se o objetivo é esse,mas naum fico legal ...