sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

discussão entre duas senhoras de idade nem sempre maneirando em suas visões de vida

_ Falcatrua! Eu nunca menti na mesma quermesse que a sua! Vai pra lá comer seu pão que aqui eu vendo a minha farinha! Quantas vezes terei que dizer que o meu proceder também é válido? Hoje, quanto caixeiro aí de viagem, e você vem logo aqui pra torrar minha paciência?

_ O amendoim também tava barato, não sei se a marca era boa, mas estava sim, até saboroso. Um pouco entalante na garganta, mas tudo bem... Se é de pão que você quer ir já adianto que o que eu como e o que eu vendo é pão sem fermento. Haverá um dia em que você também irá saboreá-lo.

_ Quanta nuvem boa pesada no céu e você vem aqui me importunar! Acho que vou beber de outras águas hoje, vou subir as montanhas.

_ Faz bem... Eu também amo as montanhas... Um pedaço de charque pra mim até a primavera já está bom de lucro à toa. Estamos no inverno e a terra é sempre boa. Planto daqui e você planta de lá. Adeus, até a próxima estação.

_ Vá!

2 comentários:

O diário da Garota de Várias Faces disse...

nao entendi a temática do seu blog :S


http://diariodagarotadevariasfaces.blogspot.com/
sigo quem me segue e retribuo comentários .!

@Bardesco disse...

tem que ser beeeem velho pra entender esse linguajá!

sahsuahushas

http://bardesco.blogspot.com/