terça-feira, 11 de maio de 2010


aquela chance
brilhou em um álbum
de música
etérea
foi dada a chance
ao ser humano
de voar
de estar junto da divindade
de ouvir a beleza
de perscrutar os corações

12 comentários:

Luiz Brisa disse...

own
achei lindo
xD

http://vagalnerdkawai.blogspot.com/

Reflexo e Ações disse...

Pequena poesia de grande beleza, parabéns!

Jéssica Mariane :D disse...

http://keka-mariane.blogspot.com/

segue ?
sguindo vce ;)

mtomaneiro teu blog.

Guto disse...

cara muito boua...
segue?
http://opiniaoesugestao.blogspot.com/

Clara disse...

Gosteiii Do blog :)

visita o meu
http://clarinharibeiroo.blogspot.com/

Uriel disse...

Que afude cara, bela poesia

Daniel Silva disse...

e aí, cara. a tua poesia é complexa demais pra mim!

abraço

Camilla disse...

Talvez visitando mais seu blog eu entenda um pouco mais de poesia.

http://www.sacksandthecity.blogspot.com/

Bruno disse...

Realmente, Enigma é um som que nos faz unir aos nossos instintos, a mãe natureza!

M!sunderstood disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
M!sunderstood disse...

nossa...bem misterioso esse seu poema...estou te seguindo.

http://reflexo-da-alma.blogspot.com

rsrs, tinha colado o seu proprio URL no outro comentário...shshu q cabeça a minha...dá uma passada lá depois...

abraços...

Matheus Silva Pacífico disse...

Pequena, mas de grande valor !!

Parabéns gostei hehe