terça-feira, 22 de junho de 2010

tristeza
beleza
embalo
espera aí que eu tenho que pegar embalagem

frivolidade à toda prova
desapoio e desamparo
triste fim de policarpo e quaresma
nesse porco-espinho chamado vida

segue à frente
estamos dispostos
pode vir mais
que estaremos
bem
rebatendo

somos bons

4 comentários:

Antonoly disse...

Vou ser sincero cara, não entendi o poema.

Marilia disse...

kkkkkkkkkkkkkkk, "nesse porco espinho chamado vida"

Ralf e Pri disse...

seguir em frente é o que importa

- Thaiise disse...

- Independente da forma que se tem, seguir e seguir. Bem ou, mal sendo bem.O que importa o que se há de ser , ou como se há de estar? Tem-se apenas que segir. Gostei. Parabéns!